Escada de concreto segurada por madeira em prédio novo da UFRGS

Prédio construído pela UFRGS no Campus Central apenas para suprir a falta de salas de aula, e recém-inaugurado, mantém uma escada de concreto apoiada em madeira e apresenta rachaduras.

O portal Terra, certamente atendendo a reclamações dos alunos que vão ali estudar, fez uma excelente matéria dia 11/6/2014 .

Fica a dica para empresas ´concorrentes´. Continuar lendo

Anúncios

Climatização & licitação para o transporte público

(9/2/2014)

FATO

A grande chance do hemisfério sul e do Brasil, especificamente, investir em novas (ou recuperação de antigas) tecnologias de climatização nas edificações e em transportes públicos se dá agora – o sul do Brasil nunca viu tanto calor.

SUGESTÕES

Editorias jornalísticas poderiam investir em:

– Como os antigos tratavam do calor do ambiente nas construções – (afinal, vento quente sai por cima…será ??? hoje em dia as nossas construções sabem disso ?). Dificilmente há referência a construções e cidades ecologicamente corretas no nosso noticiário ( o que se vê muito são iniciativas que se auto-rotulam de ‘ecológicas’….como, por exemplo, um edifício de 20 andares pode ser ‘ecológico’ ? como uma escola construída sem previsão de ventilação natural pode ser considerada como ‘ecológica’  ou, no linguajar da moda ser ‘sustentável’?

– Pesquisas na Academia sobre bioconstruções

– Em Porto Alegre, haverá licitação (finalmente, depois de décadas) para o transporte público – não será a oportunidade para investir-se em transportes ecologicamente saudáveis e que consumam pouca energia, pesquisando-se modelos novos no mundo inteiro ? A licitação para uma cidade do tamanho de Porto Alegre, no mundo inteiro é um fato raríssimo – há milhões de dólares envolvidos -. Algum jornalista poliglota, que conte com facilidade em comunicação em inglês poderia pesquisar a respeito e trazer notícias a respeito.  Na UFRGS, há o NORIE, aonde trabalha o Engenheiro Civil e Agrônomo, Doutor com Pós-Doutorado, Professor Miguel Aloysio Sattler. O Engenheiro Juan Mascaró, vinculado à FAU – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFRGS, que, junto com a esposa, Profa. Lúcia Mascaró, produziu dezenas de pesquisas (a maior parte disponível em livros) sobre edificações.